Nossa História

Turucutá Batucada Coletiva Independente - Porto Alegre/RS

"Num ponto quilombola da cidade, um encontro de amizade virou uma batucada"... e assim começa a canção Batucada Nobre e Coletiva que conta um pouco da história deste grupo.

Em março de 2008, um grupo de amigos que frequentava o Instituto Sociocultural Afro-Sul Odomodê, que na época já sediava o projeto Central do Samba, se interessou pela magia dos instrumentos de escola de samba.

Naquele mesmo ano foi criada a Bateria do Central do Samba com a intenção de promover um “arrastão” na região da Usina do Gasômetro, Porto Alegre/RS.

O Afro-sul, por ser um lugar acolhedor, logo possibilitou através do empréstimo de seus instrumentos, uma incursão ao lindo mundo dos tambores. Após esse evento, o grupo assumiu um caráter independente, dando andamento aos estudos.

A partir daí, de forma coletiva, nasce a Turucutá Batucada Coletiva Independente.

A nossa gratidão a este importante espaço cultural está eternizada em uma passagem do Hino da Turucutá que diz: “Se a chuva insiste em aparecer, turucuteiro que se preza não deixa alegria morrer e pede abrigo ao Afro-Sul Odomodê”.


Turucutá Batucada Coletiva Independente

O envolvimento das pessoas foi tanto, que a batucada foi levada adiante e em 2009 entrou no cenário do Carnaval de Rua do bairro boêmio Cidade Baixa.

Ao longo da história do grupo, que nunca possuiu uma sede própria, muitas parcerias foram realizadas. Além de ensaios em espaços públicos como Largo Zumbi dos Palmares, Praça dos Açorianos e no Parque Farroupilha, a Turucutá também tem contado com o apoio de importantes instituições carnavalescas.

De 2010 a 2012, dois anos muito importantes para o crescimento e desenvolvimento profissional, o grupo foi recebido pela Escola de Samba Acadêmicos da Orgia.

A partir de 2013, a Turucutá faz uma grande parceria com a Imperadores do Samba, que tem se fortificado a cada dia!

E tem vermelho do amor, vermelho da paixão,
Turucutá tu roubou meu coração!

Leia mais sobre o Grupo Show Turucutá